RSS

Tecnologias a serviço da educação

Há alguns dias recebi pelo Facebook o seguinte vídeo: 

video

Acesse também pelo site: http://www.youtube.com/watch?v=XMqcd-BIDl8 

Após assistir, me indignar com a má educação do menino e refletir sobre o que ele realmente estava dizendo, comecei a compartilhar entre meus amigos, em especial com aqueles que trabalham com educação e crianças. Claro que o tradicional é importante, mas precisamos nos dar conta que tanto no âmbito clínico, quanto dentro de sala de aula inovar é importante! A escola precisa evoluir juntamente com os sujeitinhos que chegam nas nossas salas, sejam de aula ou de atendimento. 

A educação hoje, tanto em sala de aula quanto no consultório, já permite e pede o uso de computadores, videogames, tablets, e smartphones. Cabe a nós, adultos, perdemos a resistência e tentarmos nos render às tecnologias. Quem sabe relembrar dos tempos do Atari, voltar a jogar pacman? É uma ótima oportunidade de pedir para o filho ou o sobrinho ensinar a jogar o Wii ou o Play, e quem sabe pedir emprestado o videogame do primo e fazer uma competição em sala de aula, calculando os pontos, criando regras. Aplicando o videogame na aprendizagem formal das crianças! 

A tecnologia está cada vez mais a serviço da educação, há uma gama imensa de aplicativos para smartphones e tablets que são gratuitos e que podem e devem ser utilizados no auxilio da aprendizagem da criança, com moderação, claro! Sites com joguinhos educativos surgem todos os dias na internet e muitos destes podem ser baixados e jogados offline (caso não haja internet disponível).

Para os dispositivos com sistema operacional iOS (iphones, ipods e ipads): 


Os aplicativos da TOCA BOCA AB são joguinhos totalmente interativos e intuitivos, fáceis de usar que agradam crianças de todas as idades. Alguns são pagos e outros gratuitos, mas seguido eles disponibilizam jogos grátis por 24 horas. 






Há também os Talking Friends desenvolvidos pela Outfit7 que também é disponibilizado para android e que pode ser um ótimo auxilio para crianças com dificuldade de fala. 









A CJ Educations tem um joguinho chamado Play123 muito interessante, o jogo é em inglês, mas muito fácil de compreender e jogar! Ainda há jogos da Pampers, da Fisher Price, do canal Gloob. 




Já para os dispositivos com sistema operacional Android também há muitos aplicativos que podem ser utilizados: 



A Tizzy Labs oferece, tanto para Android quanto para iOS, aplicativos educativos fáceis e interativos para crianças de todas as idades. 






 A Zoodles oferece o aplicativo Kid Mode, que além de proteger o aparelho de ligações indesejadas por parte dos pequenos, determina que videos e jogos eles podem utilizar! O aplicativo é totalmente em inglês, mas é bastante intuitivo. 




 A romeLab também oferece uma infinidade de aplicativos como quebra-cabeças, jogos de colorir e jogos que ensinam letras e números. Gratuitos na sua grande maioria. Ainda há jogos da Rovio, Disney, Gameloft, Zakeh entre muitos outros! 





A App Store e a Google Play tem uma infinidade de jogos e livros gratuitos disponíveis para divertir e auxiliar as crianças desde o aprendizado das letras até questões de atividades de vida diária, basta ter um pouco de paciência e liberar a criança que existe em cada um para se divertir nos joguinhos disponíveis. 

Em relação ao mundo virtual, o Google pode ser o melhor amigo do professor na hora de buscar jogos, mas é sempre importante pesquisar a procedência dos sites para evitar a contaminação por vírus! 

Alguns sites com jogos interessantes são: 
http://www.discoverykidbrasilbr.com 
http://www.iguinho.com.br 
http://www.maquinadequadrinhos.com.br/ 
http://www.guiadoscuriosos.com.br/ 
http://criancas.terra.com.br/ 
http://www.atividadeseducativas.com.br/ 

Nunca é demais relembrar, a criança sempre deve ter a supervisão e orientação de um adulto ao acessar qualquer site ou aplicativo, e o mesmo não deve ser dado somente para matar tempo em sala de aula ou no consultório, mas sim com um objetivo específico e bem fundamentado!


Clarissa Paz de Menezes - clarissapp@espacodomquixote.com.br
Psicopedagoga do Espaço Dom Quixote

0 comentários: