RSS

Jardim sensorial: muito mais que um simples jardim


Um belo jardim florido e ornamentado traz muitas sensações e está associado a lazer e bem estar. É onde os sentidos podem ser percebidos e estimulados pelo prazer do ambiente. Mas muitas vezes pela correria diária, somos incapazes de estimular nossos órgãos dos sentidos. Fazendo somente um reconhecimento viso-motor.

Um jardim sensorial terapêutico vem a enriquecer o tratamento com surdos cegos, deficientes visuais, autistas, pessoas com déficit cognitivo, deficientes motores com alteração de marcha, equilíbrio e propriocepção, mas também pessoas que necessitam relaxamento e contato com a natureza para retomar seu corpo e seus sentidos agora integrados na estimulação de todos os sentidos.

O jardim terapêutico proporciona experiências sensórias motoras variadas como ver, sentir, cheirar, tocar, subir, descer, saltar. Visando a integração dos sentidos e o desenvolvimento global do individuo.

Para a Terapia Ocupacional, o Jardim Sensorial contribui para a reabilitação, melhora na qualidade de vida, permite a integração sensorial do individuo, ativa a percepção, cria um novo de aprendizagem.

Como os sentidos podem ser trabalhados no jardim sensorial:

Visão: diferentes qualidades de plantas, com ou sem flores, promove estímulo através de tamanhos, formas e cores diferentes.

Tato: estimulado no contato direto com as plantas e com as pistas sensoriais no corrimão e na troca de piso.

Olfação: o olfato será estimulado por um conjunto de diferentes estímulos dados por ervas aromáticas, entre os chás, os temperos e os perfumes.

Gustação: tão importante na formação do paladar junto com a olfação, a associação será feita através do gosto de algumas ervas do jardim que poderão ser utilizadas como chás ou em banhos.

Audição: O ambiente da sala de terapia impede o contato com os ruídos do mundo real, do cotidiano. Além do som em ambiente aberto ser muito diferente, o som em um jardim inclui seus ruídos próprios, estimulando nossa atenção.

Equilíbrio e Propriocepção: O jardim é composto por uma pista de diferentes pisos como madeira, areia, pedra e grama, variando a estabilidade e o nível do piso, em altura e inclinação.


Priscila Straatmann Mórel - priscilato@espacodomquixote.com.br
Terapeuta Ocupacional e Psicomotricista do Espaço Dom Quixote

1 comentários:

marisa araujo disse...

ola boa trade me chamo marisa e sou estudante de terapia ocupacional adore o seu material sobre jardim sensorial terapêutico, e gostaria de sabe onde vc encontrou o material cientifico pra ter embasamento, se policiável me responda telho umas duvidas .meu email marisa2015to@gmail.com